Camada Ambiental da Segurança de Datacenters

Este artigo explica em maiores detalhes um dos tópicos do artigo “Como é Feita a Segurança Física dos Datacenters“, da série Segurança na Nuvem.

Camada Ambiental

Além das preocupações com a Camada de Perímetro, a Camada de Infraestrutura Física e a Camada de Acesso Físico aos Dados, os provedores de nuvem líderes de mercado também possuem padrões exigentes no aspecto ambiental em relação aos datacenters. Essa camada de segurança começa com a seleção do local em que o datacenter será construído, continua durante sua construção e segue até as operações e a sua sustentabilidade. A localização de um datacenter é escolhida com muito cuidado para reduzir os riscos ambientais, como enchentes, condições meteorológicas extremas e atividades sísmicas.

Durante a construção, essa camada é responsável por definir os equipamentos, dispositivos e processos de combate a ameaças ambientais em potencial, como catástrofes naturais e incêndios. São instalados detectores automáticos e equipamentos de resposta para proteger todos os ambientes dos datacenters. Tomando as enchentes como exemplo, são instalados equipamentos de detecção de água nos ambientes para alertar os funcionários enquanto bombas são ativadas automaticamente para remover líquidos do ambiente e evitar danos. O mesmo vale para equipamentos de incêndio e outros possíveis desastres naturais.

Apesar de todos os mecanismos de proteção e mitigação de riscos, há sempre o risco eventual de um datacenter inteiro falhar. Na infraestrutura global da AWS, por exemplo, existem diversas regiões, que consistem em ao menos duas zonas de disponibilidade, que, por sua vez, são compostas por um ou mais datacenters fisicamente separados uns dos outros, incluindo fontes de energia e redes independentes e redundantes. Essa oferta de datacenters redundantes em uma mesma região permite que os clientes construam arquiteturas de alta disponibilidade e alto desempenho com o apoio de um parceiro de consultoria, como a Kendoo Solutions.

Plano de Continuidade de Negócios

A AWS mantém ainda um Plano de Continuidade de Negócios que age como guia dos processos de operações quando algum desastre ocorre, informando os passos a serem seguidos antes, durante e depois de um evento. Para garantir que a infraestrutura está operacional e preparada para situações extremas, esse plano é testado periodicamente por meio de exercícios que simulam vários cenários diferentes. Todo o desempenho da equipe e dos processos são registrados e criticados para definir lições aprendidas e realizar medidas corretivas no plano, nos processos ou no treinamento para aprimorar o índice de respostas de um dado datacenter.

Business Continuity Plan
Business Continuity Plan

Além dos riscos ambientais, essa camada de segurança também considera a sustentabilidade dos projetos de datacenter. No longo prazo, a AWS possui um compromisso com a utilização de 100% de energia renovável. Em estudos realizados pela AWS, quando as empresas migram para a sua nuvem a partir de uma infraestrutura local, em geral, reduzem em 88% as emissões de carbono porque seus datacenters oferecem economias de escala e das solicitações de servidores sob demanda. Isso ocorre porque, em geral, as organizações utilizam 77% menos servidores, 84% menos energia elétrica e utilizam uma combinação de energia solar e eólica, que é 28% mais limpa quando estão na nuvem da AWS em comparação com os próprios datacenters.

Entre em Contato