Como é feita a Segurança Física de Datacenters

Este artigo aborda os como os datacenters de provedores de computação em nuvem, em especial da Amazon Web Services (AWS), são construídos e operados de forma segura.

Quando pensamos em ambiente de nuvem pública, segurança é uma das principais preocupações de nossos clientes. Como já abordamos, os provedores de computação em nuvem trabalham em um Modelo de Responsabilidade Compartilhada no que tange à segurança. Neste artigo da série Segurança na Nuvem, vamos abordar os aspectos da segurança física dos datacenters, responsabilidade do provedor de nuvem.

A Importância da Segurança na Nuvem

A Amazon Web Services (AWS) foi criada a partir de uma visão da Amazon.com em que as aplicações poderiam utilizar elementos de infraestrutura e outras aplicações através de chamadas de serviços. Inicialmente, esse conceito foi implementado internamente, entre os times que mantinham a maior loja virtual do mundo. Com o tempo, esses serviços foram tornados públicos e o que chamamos hoje de Computação em Nuvem surgiu. A partir desse momento, dados e aplicações das mais diversas empresas eram adicionadas aos datacenters da Amazon Web Services e, desde o início, a segurança é o assunto mais importante de todos. Afinal, uma falha de segurança na nuvem pode ser o fim da confiança em um provedor de nuvem, fazendo seus clientes migrarem para outro provedor e levando seu negócio à falência.

Por conta disso, todos os datacenters da Amazon Web Services são projetados com o que há de mais moderno em sistemas de segurança e há uma inovação constante no projeto e nos sistemas dos datacenters para protegê-los de riscos naturais e causados por pessoas mal intencionadas. Esses sistemas consistem em mecanismos de controle e automação de ações a fim de evitar falhas humanas, além de auditorias independentes para confirmar o nível de segurança e atendimento às normas e regulações.

Como prova de todo esse resultado em segurança, as maiores empresas do mundo, inclusive agências de segurança governamentais, utilizam a nuvem para armazenar seus dados e suas aplicações. Por isso, com um bom parceiro de consultoria, qualquer aplicação pode se beneficiar das características de segurança dos datacenters da nuvem, permitindo que os clientes possam inovar com confiança e rapidez em seus negócios.

Camadas de Segurança

A preocupação com a segurança dos datacenters se divide em 4 camadas básicas: Perímetro, Infraestrutura Física, Acesso Físico aos Dados e Ambiental. Para maiores detalhes sobre as camadas, temos um artigo específico para cada uma delas:

  • A Camada de Perímetro é responsável por controlar o acesso físico de pessoas a um determinado datacenter;
  • A Camada de Infraestrutura Física considera a construção dos edifícios assim como mecanismos de refrigeração, redundância de conexões e energia elétrica e sistemas de combate a incêndio;
  • A Camada de Acesso Físico aos Dados é a mais crítica de todas, pois é a responsável por garantir a segurança da informação e a privacidade dos dados dos clientes; e
  • A Camada Ambiental é responsável principalmente por selecionar os locais dos datacenters e acompanhar toda a construção de forma a minimizar os riscos ambientais, como enchentes, condições meteorológicas extremas e atividades sísmicas.
Camadas de Segurança
Camadas de Segurança

Sobre todas essas quatro camadas, estão mecanismos de controles e processos altamente rígidos e projetos para a segurança em primeiro lugar, considerando aspectos como redundância, planejamento de capacidade, resposta a desastres e continuidade dos negócios, gerenciamento dos dispositivos, destruição de mídias, manutenção dos equipamentos e gerenciamento de riscos, entre outros controles.

Com todos esses mecanismos e processos, os datacenters dos provedores de nuvem são hoje considerados os ambientes de computação mais seguros do mundo, superando até alguns centros de processamento de agências governamentais.

Entre em Contato