O que é DevOps
Definição

DevOps é um conjunto de práticas e ferramentas que respondem a uma das questões centrais do desenvolvimento de software hoje em dia: Como entregar aplicações de qualidade em espaços de tempo curtos?

Embora existam várias ferramentas disponíveis que possam ajudar a solucionar problemas específicos no ciclo de desenvolvimento de aplicações, alguns problemas são de natureza cultural. No modelo tradicional de implementação de projetos, as equipes de desenvolvimento e operação possuem interesses diferentes; a equipe de desenvolvimento tem como objetivo atender às necessidades do usuário em termos de melhoria dos serviços prestados, novas funcionalidades e constante inovação; e a equipe de operação tem o propósito de manter os recursos de TI estáveis e disponíveis.

O que o conceito de DevOps propõe é uma mudança nessa cultura, junto à utilização de ferramentas, para aumentar a agilidade e a qualidade de produção do software. Assim, as duas equipes passam a compartilhar a responsabilidade pela aplicação do início ao fim, tendo estabilidade e inovação como objetivos comuns.

Processo DevOps

Benefícios

Além da melhoria da colaboração e comunicação dentro da empresa, o conceito de DevOps sugere outras práticas para aumentar a eficiência das empresas. Confira algumas delas abaixo:

Automatização de Tarefas

Ao longo do desenvolvimento de softwares, existem tarefas que são repetitivas e não precisam de muito discernimento em cada execução. Dessa forma, ao minimizar a ação humana nesses processos, reduz-se tempo, custo e a possibilidade de falhas.

Microsserviços

A arquitetura de Microsserviços consiste na divisão de aplicações em projetos menores e independentes, que assumem a forma de serviços executados em aplicações diferentes.

Integração Contínua

Com atualizações menores sendo implantadas com frequência e desenvolvedores trabalhando em partes diferentes de um mesmo código simultaneamente, é importante ter controle sobre as versões do código. Algumas ferramentas úteis são Gitlab, Github e CVS (Concurrent Versions System), elas criam um repositório central que integra as constantes alterações e também permitem sua reversão. Para garantir o sucesso do método de Integração Contínua, no entanto, o desenvolvedor deve realizar testes após cada alteração. Com a Integração Contínua implementada, uma vez que o desenvolvedor submete uma nova versão, esta é automaticamente integrada ao ambiente de homologação.

Entrega Contínua

Após a Integração Contínua, as atualizações são implantadas em um ambiente de desenvolvimento ou homologação. Para passar para o ambiente de produção, entretanto, a mudança de ambiente da atualização precisa ser aprovada manualmente. Uma das principais vantagens da entrega contínua é que esta implementa técnicas de testes e validação mais avançadas para possibilitar a entrega do software em ambiente de produção de maneira automática, permitindo a redução de erros através da implementação de testes frequentes.

Monitoramento

Para entender como as atualizações são recebidas pelos usuários e resolver problemas nas aplicações ou infraestrutura, as empresas monitoram a performance da aplicação através de dados e logs gerados. Uma monitoração ativa é importante dada a prática de atualizações constantes.

Resultados

Por todos esses motivos, a adoção de práticas de DevOps nas empresas possibilita, segundo estudo Puppet 2017 State of Devops Support, um ganho de 44% no tempo da equipe alocado efetivamente a construção de novas funcionalidades, causado por conta de 5x menos falhas em novos softwares. Além disso, as empresas podem inovar mais e com maior velocidade, pois é possível realizar entregas de novas versões em média 46x mais frequentes com um tempo 440x menor entre o término do desenvolvimento e a entrega da nova versão.

Aplicações

O caso da Netflix é um bom exemplo de implementação de DevOps. A plataforma de streaming adota a arquitetura de microsserviços, com serviços separados gerenciados por equipes autônomas, o que permite que essas equipes decidam quando implementar atualizações e sejam responsáveis por elas. Além disso, a empresa criou o Spinnaker, uma plataforma de código aberto para entrega contínua.

Ao adotar a metodologia DevOps, o departamento de TI pode se beneficiar com a redução de falhas e preparação da equipe para responder a elas, além disso, a agilidade para realizar implantações de software é uma vantagem para o negócio. Cultura, práticas e ferramentas são aspectos igualmente importantes para essa metodologia.

Entre em Contato

Conheça as ofertas de DevOps da Kendoo Solutions ou entre em contato conosco pelo formulário abaixo: